04/07/2017

NORDESTE VAI À JUSTIÇA CONTRA ÁLCOOL AMERICANO


O lobby dos importadores impedirá que em sua reunião desta terça (4) a Câmara de Comércio Exterior da Presidência (Camex) suspenda sua decisão, desde o governo Dilma, de zerar o imposto de importação de álcool de milho dos Estados Unidos.
Produtores do Nordeste, por isso, decidiram recorrer à Justiça Federal: sem pagar impostos e subsidiado pelo governo americano, o álcool de milho chega ao Brasil mais barato que o fabricado no Nordeste, que paga impostos e emprega brasileiros. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O crime contra a produção nacional, em vigor desde 2010, tem outro agravante: o milho de álcool americano é altamente poluente.

*XERIFE

Nenhum comentário:

GALENO PERDE BASES NO ALTO OESTE

O deputado estadual  Galeno Torquato  (PSD) vai disputar a reeleição com o capital político bem reduzido, da última campanha pra cá. Perdeu...