03/08/2017

REDUÇÃO DA FERTILIDADE DOS HOMENS PODE CAUSAR FIM DA HUMANIDADE


sexo_celular
Os homens estão menos férteis em diversas regiões do mundo e isso poderia, no futuro, levar ao fim da humanidade–considerando apenas a reprodução pelo métodos tradicionais. Um novo estudo, publicado no jornal científico Human Reproduction Update, indica que a quantidade de espermatozoides diminuiu mais da metade em cerca de 40 anos.
Os pesquisadores compilaram e analisaram 185 estudos sobre fertilidade, feitos entre 1973 e 2011, com dados da América do Norte, Austrália, Europa e Nova Zelândia. A conclusão é de que a concentração de esperma caiu 52,4% e a contagem total teve uma baixa de 59,3%. Por ano, em média, a baixa foi de 1,4% na concentração do esperma. Além disso, a queda deve continuar no futuro.


* O XERIFE

Nenhum comentário:

SALÁRIO MÍNIMO SERÁ MENOR QUE O PREVISTO

O Orçamento de 2018, aprovado na última quarta-feira pelo Congresso Nacional, prevê um salário mínimo de R$ 965 para o ano que vem. O v...