05/07/2017

REFORMA TRABALHISTA: ASSÉDIOS E ASSÉDIOS


Pronta para ser votada pelo plenário do Senado, a Reforma Trabalhista propõe sete novos artigos à Consolidação das Leis do Trabalho que distinguem punições de assédio por cargo ou faixa salarial. Entre outros pontos, o texto prevê pontos surreais: que assediar moralmente ou sexualmente uma trabalhadora de baixa remuneração causa menos prejuízo do que assediar uma executiva de alto salário.
A oposição tentará, por meio de emenda, derrubar todos os artigos que tratam de assédio (Dano Extrapatrimonial) na votação prevista para quarta-feira.

*xerife

Nenhum comentário:

BARRAGEM DE SANTA CRUZ DO APODI, NO RN ESTÁ COM 14,28% DE SUA CAPACIDADE... SITUAÇÃO É PREOCUPANTE

O Relatório da Situação Volumétrica dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos monitorados pelo Go...