13/08/2019

ESTADOS E MUNICÍPIOS PODERÃO RECEBER 50 POR CENTO DAS PRIVATIZAÇÕES



O senador Wellington Fagundes (PL-MT) apresentou nesta quarta-feira (7) seu relatório à  MP 882/2019, que amplia a participação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no processo de desestatização e altera o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Ele incluiu emendas para que estados e municípios tenham mais recursos para aplicar em infraestrutura.

As emendas permitem o repasse de até 50% do que for arrecadado pela União com a desestatização da infraestrutura aeroportuária, rodoviária, ferroviária e aquaviária. É uma compensação financeira pelos inegáveis impactos no valor das tarifas cobradas dos usuários, decorrente também da exploração do serviço no território destes entes da Federação — explicou Fagundes durante a reunião.

O senador ainda dobrou de R$ 180 milhões para R$ 360 milhões, o limite financeiro da União nos aportes para fundos destinados a projetos de concessão e parcerias público-privadas. A mudança também visa auxiliar estados e municípios no desenvolvimento de projetos de infraestrutura, segundo Fagundes.

Veja mais Aqui.

Nenhum comentário:

CRIANÇA TOMA VENENO DE RATO SEM QUERER E MORRE NO HOSPITAL EM PATOS, NA PARAÍBA

Por volta das 16h30min horas de ontem (quarta, 21) a menina Ingrid Vitória Laurentino Lopes de Oliveira, de quatro anos, residen...