23/06/2017

MPRN ACUSA PREFEITOS DE TANGARÁ E MAJOR SALES DE NEPOTISMO


O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) quer que os prefeitos de Major Sales e de Tangará exonerem os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada que possam configurar nepotismo. As Promotorias de Justiça das duas Comarcas recomendaram prazos para que os chefes do Executivo dos municípios desliguem da Prefeitura os servidores com parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com o próprio prefeito e demais gestores do Município.
A recomendação dirigida ao prefeito de Tangará, Jorge Eduardo de Carvalho Bezerra, cita expressamente que será necessária a exoneração de quem se enquadrar em situação de nepotismo por ter algum grau de parentesco com as seguintes autoridades, além do próprio chefe do Executivo: vice-prefeito, secretários municipais, procurador-geral do Município, chefe de gabinete e qualquer outro cargo comissionado.

Nenhum comentário:

LEITE CONTAMINADO FOI DISTRIBUÍDO EM ESCOLAS ESTADUAIS E HOSPITAIS PÚBLICOS DO RN!

Secretária Juliane Faria, da Sethas, anuncia a suspensão de três empresas que distribuíram leite com presença de cloriformes fecais....