16/04/2018

GOVERNO INICIA RECUPERAÇÃO DE BARRAGENS PELO MUNICÍPIO DE LUCRÉCIA, NO ALTO OESTE!


Os recursos são do Governo do Rio Grande do Norte, por meio do Governo Cidadão, através do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.
O Governo do Estado deu início ao projeto de recuperação das barragens do Rio Grande do Norte. Neste sábado (14), foi assinado o contrato para obra emergencial de recuperação do talude do açude Lucrécia.

O secretário do Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS) e coordenador do Governo Cidadão, Vagner Araújo, destacou que desde de sua construção, na década 30, a barragem de Lucrécia não recebeu reparos ou manutenção.

“Hoje estamos assinando o contrato para recuperação e limpeza da barragem. A boa nova é que foi publicado no Diário Oficial (14), a licitação para recuperação, manutenção e infraestrutura das barragens de Lucrécia e a do Pataxó (Ipanguaçu)”.

O investimento previsto nessas duas obras é de 7,2 milhões, acrescentou. Os recursos são do Governo do RN, por meio do Governo Cidadão, através do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.

O secretário de Recursos Hídricos, Mairton França afirmou que além dessas duas barragens a intenção do Governo é recuperar mais quatro barragens. “O RN vive um momento histórico. A importância dessas ações é trazer abastecimento de água e trazer segurança hídrica para população do Estado que tanto precisa”.

Também presente no ato da assinatura do contrato, o deputado estadual Gustavo Carvalho externou que o Governo vem acompanhando e trabalhando para viabilizar as recuperações das barragens. “O meu papel como parlamentar é cobrar e fiscalizar a aplicação dos recursos. Estarei presente acompanhando essa obra tão importante para população”, disse.

O ato de assinatura do contrato de recuperação do talude de Lucrécia contou com a presença da prefeita Ceição Duarte, vereadores e a população.

defato.com

Nenhum comentário:

Brasileiros podem ver chuva de meteoros na madrugada deste domingo

Por  Robson Pires , em Notas O cometa Halley, ou Halley 1P, na designação científica, é um dos poucos corpos celestes que podem...