24/06/2017

PAI SUSPEITO DE AGREDIR FILHO DE SEIS MESES É PRESO POR TORTURA; CRIANÇA ESTÁ NA UTI


Bebê de seis meses é internado com várias fraturas no crânio; suspeita é de agressão (Foto: Reprodução/RPC)

O homem de 25 anos suspeito de agredir o filho de seis meses, em Ponta Grossa, na Região dos Campos Gerais do Paraná, foi preso pela Polícia Civil na noite de quinta-feira (25). Ele foi autuado em flagrante pelo crime de tortura após prestar depoimento.

A mãe do bebê também é suspeita de participação no caso. Ela prestou depoimento, mas foi liberada em seguida.

O menino foi levado ao Hospital da Criança em estado grave na semana passada, com várias fraturas no crânio. Na noite desta quinta, ele foi encaminhado para a UTI do Hospital Universitário de Ponta Grossa. Veja a nota dos médicos no final da reportagem.

Segundo a Polícia Civil, o pai foi autuado pelo crime de tortura porque além de múltiplas lesões no crânio, o que indica lesões causadas recentemente, a criança apresentava sinais de mordidas no braço direito, fratura em uma costela e hematomas nas pernas.

Ainda de acordo com a polícia, o homem alegou em seu depoimento que todas as fraturas e a marca de mordida no corpo do bebê são decorrentes do uso da cadeirinha usada no carro e que o equipamento não tem estofamento. Ele disse que isso teria causado tantas lesões.

*G1 PR, Curitiba

Nenhum comentário:

PLANO ESTRATÉGICO PARA O TURISMO DO RN

Uma das principais ações voltadas ao turismo potiguar dos últimos anos será apresentada em primeira mão nesta quinta-feira (27) duran...