23/07/2017

MARCHA DA MACONHA' É REALIZADA EM JOÃO PESSOA

Justiça Federal da Paraíba autorizou cultivo e manipulação da maconha para fins exclusivamente medicinais.

'Marcha da Maconha' em João Pessoa reinvidica nova política de drogas (Foto: Walter Paparazzo/G1)'Marcha da Maconha' em João Pessoa reinvidica nova política de drogas (Foto: Walter Paparazzo/G1)

“Marcha da Maconha” aconteceu no Parque Sólon de Lucena, Centro de João Pessoa, na tarde deste sábado (22). Manifestantes reivindicam uma nova polítia de drogas tanto para fim medicinal quanto recreativo e ritualístico. Movimento iniciou na praça de skate do parque e encerrou no Centro Histórico de João Pessoa, no Varadouro, por volta das 18h.
A Polícia Militar, Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) e a Guarda Municipal acompanhou a marcha. De acordo com manifestantes, alguns guardas municipais recolheram cigarros de maconha, amassaram e jogaram fora.
O presidente da Liga Canábica da Paraíba, Júlio Américo, diz que é “muito bom poder celebrar essa nossa luta pelo acesso a cannabis [nome científico da maconha] medicinal pelo direito à saúde das pessoas que precisam de cannabis”.
Em maio deste ano, a Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (ABRACE) de João Pessoa foi autorizada pela Justiça Federal da Paraíba a manter o cultivo e a manipulação da maconha para fins exclusivamente medicinais.
Júlio tem um filho com a síndrome de Lennox-Gastaut que utiliza um medicamento à base de canabidiol - substância presente na maconha - no tratamento.
acredita que a manifestação de hoje está reunindo mais de mil pessoas e defende que o debate sobre uma nova política de drogas seja levantado. Para ele, a política pública não pode proibir o uso da maconha, mas sim “dar espaço para que o cidadão se expresse [...] e fazer uma política que seja realmente o que a população quer e não o que o político imagina”.
Júlio Américo, presidente da Liga Canábica da Paraíba; seu filho utiliza remédio à base de cannabis (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Júlio Américo, presidente da Liga Canábica da Paraíba; seu filho utiliza remédio à base de cannabis (Foto: Walter Paparazzo/G1)

G1/PB

Nenhum comentário:

CLIMA PESADO ENTRE FÁBIO E FÁTIMA

O  clima  de  tensão  é  pesado  entre o deputado federal  Fábio Faria  e a senadora  Fátima Bezerra . A  definição  das emendas  col...